EU FUI!

Pois é, como vos disse no post anterior fui mesmo ao festival das pitas, pitos, tios, tias, bibás e xiripitis… e as minhas desconfianças confirmam-se… Aquilo é uma máquina de fazer dinheiro para os Medina um mundo melhor!

P$%& que os pariu com o preço da comida e bebida e mais o raio que os parta com as barracas do merchandising. Bom mesmo só ALGUMA música.

Algumas das bandas que vi:

The Room 74: Apesar de terem actuado para aí para 10 pessoas, gostei muito do concerto. Um som muito funk e muito à frente, apesar do vocalista ser uma beca estérico. Nota 4.9 em 5!

D’ZRT: Não há quem meta uma barra de dinamite no cú do Zé Milho e faça dele uma pipoca? tipo… POFF! Nota: Não compreendo a posição do shô polícia que me revistou à entrada quando me disse “O senhor não pode entrar no recinto com cocktails molotov”… Eu expliquei que era para mandar para o palco durante o concerto dos D’ZRT, mas ele disse-me que por ele tudo bem, mas eram ordens superiores…

Fingertips: Foi nice, mas muito colado ao album. Pouco espectáculo.

Expensive Soul: O Hip Hop está definitivamente a tornar-se A CENA nacional. Muito bom. Grande vibe.

Ivete Sangalo: Apesar de eu não ser nada fã, tenho de admitir que esta tipa tem um grande poder musical e de por o público com “samba no pé”.

Jamiroquai: Vénia! É o que posso fazer ao rei da música funk! Pecou apenas pelo pouco espectáculo cénico e pouca involvência com o público, mas a qualidade do som de Jay Kay e companhia ultrapassa tudo isso.

Shakira: Não gosto particularmente, mas mesmo quem gosta diz que foi uma decepção total. Parecia que estava a tocar o CD… Nada de novo, pouco entusiasmo e principalmente um terrível alinhamento que por vezes deixava o público “com sono”.

Tenda electrónica: AO BARROTE!!! CHEIA COMO UMA LATA DE SARDINHAS!!! Grande som, sim senhor… Mas ó shô Medina… Veja lá se para o ano pensa melhor nesta coisa da tenda electrónica. A house music é uma expressão musical como outra qualquer e merece um espaço bem maior num festival como o Rock In Rio.

O grupo de malucos:

Ahhhhh… já me esquecia…as meninas da Sloggi não estavam mesmo lá…

Bah! Publicidade enganosa..

Junte-se à conversa

19 comentários

  1. Bem, realmente fomos completamente enganados! As meninas da sloggi não estavam mesmo lá 🙁 Mas apesar de tudo, o que interessa é que foi um grande dia, e que a malta se divertiu à brava!

  2. O pior de tudo foi a TMN não existir naquele recinto. NUNCA consegui rede para ligar para vcs. Incrível! 🙁
    E do resto… eh, não gostei de quase nada! LOL!
    A Srª Dona Ivete esteve bem e fez rolar a festa, apesar de não ser a minha onda.
    O concerto de Jamiroquai sobe a mto pouco. Músicas do album novo nem vê-las. Muito calado e apático. A música que passou era boa, mas antiga. 3,9/5 estrelas para a banda. Nota negativa para a organização. Fico com pena de não ter visto uma grande actuação deles, como foi a do Atlântico.
    A Shakira-do-ventre, não sei… não não percebo mto do assunto. Só fui lá ver a banda passar e ela veio depois. Vi 3 músicas e fui embora. Não gosto de rabos-extra. Não sei, é uma coisa que não me cativa a atenção.
    Conclusão: se tivesse pago o bilhete, estava FURIBUNDA!
    EU FUI! Mas não volto!

  3. Não sei… aínda não decidi se valeu ou não a pena…

    Por um lado a companhia da malta foi excelente e tivemos momentos bem divertidos, por outro lado fiquei decepcionado com alguns aspectos do próprio evento.

  4. é axim tu tax prai com merdixex max a verdade e k foxte i viste dzrt n e por ixo lava a puta da boca antes de falarex..ya eu sou uma “pita esterica” cmo vces dixem ne, (vcex – akelex k tem a mania k n goxtam d dzrt ne) a serio eu tava na net a ver umax xenax i tal i vi tantox blogx so a falar mal d dzrt k eu ate fiko xokada com a grandiosa popularidade dos dzrt pah!! este pexoal fala do ze milho i n sei n sei k + , max kdo tao sozinhox..ne i tal tao smpre a ouvir dzrt i a ver morangox …por ixo deixa.t d merdas i fala d xenax d jeito em vex d tarex paki a dixer k dzrt e ixto i akilo..sabex k… kto maix falarem mal delex + suxexo eles tem tax a ver??!!! i kto + falarem mal deles mais as pitas vem paki reclamar por ixo.. deixa.t d merdax i olha pa tua carinha d fozeiro max e(deves ser um “lixVoeta” kuakler) ve.x lgo k vale tax bem longe d guimaraes de xertexa.! fika mal i ve x morrex deprexa tu i akeles k n tem + k faxer k faxer sites anti-dzrt i etc etc..b so em portugal ixto.xaux

  5. Sinceramente acho que os 53€ é demais. Os cartazes não assim tão bons para o bilhete ser tão caro. Vale pelo evento, mas a organização fica muito àquem das expectativas. Só facto de ter sido “obrigado” a sair da tenda electrónica porque só conseguia mexer os olhinhos, apesar de estar a curtir muito o som diz tudo…

    Mas pronto o convívio compensou e o facto de só ter pago 25€ também!

  6. Ahhh e esqueci-me de mencionar… mais uma nota negativa para a TMN. A única rede com que não se conseguia telefonar… Impediu o grupo de malucos de ser maior! O que vale é que não tarda vou mudar de rede…

  7. axo k a forma komo xertas pexoas excrevem dix tudo…

    Voluntários que me consigam traduzir aquilo para português??

  8. oi, sou o vasco vocal de room74, realmente um grande azar a começar o nosso espetaculo, avariou-se um teclado, mas no fim de tudo acabou por correr bem. Realmente estava um pouco histerico mas, os nervos tb tiveram a sua culpa, acredita q irei rever esse facto, obrigado pela critica boa, espero ver o ppl todo nos nossos gigs, abraço bem funk

  9. “Realmente estava um pouco histerico mas, os nervos tb tiveram a sua culpa”
    Pois… mesmo estando lá pouco pessoal, tocar no Rock In Rio deve ter o seu quê de “nervos”.

    Gostei mesmo muito do vosso gig e até fui para lá mais cedo pr ter a certeza que vos via.

    Abraço funk também para esse lado 😉

  10. amigo, proximos gigs de room 74, ora cá vai, dia 10 de junho no patio do sol, fabrica da polvora, dia 16 festival emerge parque mayer e dia 20 ou 21 no maxime, mas olha tens aqui o meu mail e msg [email protected]…. join. abraços

  11. olax* maix uma x aki tou eu!!é axim eu kria dixer aki umax xenax k têm-me deixado axim um bocado..pah nem sei!! enfim tem a ver com extex blogx e sites i etc etc… sobre cenxax anti-dzrt!!bem é ixto: o pah nem sei por onde começar tax a ver (ixto e po gajo k fex o blog *ou gaja) ixto e so em portugal mxmo , s alg s ia lembrar d perder tempo a faxer um site pa falar mal d uma banda i ainda por cima kdo n sabem, aliax kdo fingem k n sabem nda dexa banda, kdo fingem k nao vao a concertos dos dzrt i k n veem morangox c axucar!!pk na realidade tu falax mto max kdo tax soxinha ate d “venx” so d olhar pa um dox dzrt ah!!confexa la ;)!!pah e axim eu axo k kdo alg falar mal dox dzrt a unica coisa a dixer é:60 mil pexoax no maior fextival do mundo!! tax a ver??!! é k tdox falam dos DZRT max na verdade kem e k n kria ter a fama delex!!em apenax um ano elex venderam milhoes d dixcos, esgotaram coliseus, 60 mil no rock i rio, ate fora do paíx!!em apenax um ano!!!!kem n kria ixto?? TU se calhar ne??!
    poix e vamox acreditar k n goxtax d dzrt !! e axim deixa.t dextax merdax i kem kiser saber o k sao os dzrt axim d vrdade mxmo vai a http://www.dzrtonline.com – diario d uma fa!!i dpoix digam.m kklr coisa ta!fica mal i morre rapido!!

  12. Morro rápido… Sim querida! Sempre às ordens! Alguém tem o telefone da Agência Magno?

    Aliás… “Xim krida! Xempr ax ordenx! Alg tm o tlf da axênça magn?

    N.R.: Desculpem o “Alíás” mas se não for assim a rapariga não percebe…

    Aliás… “Dexkulpem os aliax max xe n for axim a pita n perxebe

  13. LOL

    É por causa de fãs destas que dá tanto gozo dizer mal dos dzr’t. Pena não termos podido entrar com os cocktails molotov para o concerto deles.

    A rapariga não escreve mal, isto deve é ser outra linguagem qualquer tipo de marte ou assim, porque português não é de certeza…

  14. Pois é… Há 2 anos fui ao rock in rio (pq ganhei um bilhete qd carreguei o meu tlm) e foi uma grandessissima m%&$#. Já há mais de 10 anos que vou a concertos e confesso que o meu estilo de música não tem nada a ver com o que fui ver, mas pronto, cometi o erro de achar que seria bom ter a trol da britney spears no meu curriculo (a minha 1ª escolha era ver Incubus…mas preferi zelar pela minha integridade física, olhando para as outras bandas do dia deles…já tou uma beca velha pra tanto moche…). Os concertos foram ridiculos e o espaço era daqueles que davamos um passo e ficavamos envoltos numa nuvem de pó…só sei que sai de lá e as minhas calças que eram azuis estavam castanhas e o meu cabelo castanho estava uma mistura de cinzento…com…não sei bem o quê…(e não, não andei a rebolar com a cabeça no chão). Este ano queria ver Jamiroquai pois é das minhas bandas preferidas e até agora sempre os vi visto quando vieram a Portugal. Mas resolvi abrir uma excepção. Desta vez não ganhei nenhum bilhete e não quis gastar o meu dinheirinho num festival que é feito para gente que nunca viu um concerto na vida, mas como é o ROCK IN RIO abrem uma excepção (esse maravilhoso festival dos brasucas que vêm cá roubar o dinheiro ao tótó do português, que acha que por ir ao “Maior festival do mundo”, aquele q é por um mundo melhor e bla bla bla (tretas) é como ir ali à festa da moda frequentada só por gente importante (o jet 7 da podridão). E é uma lavagem cerebral por parte dos media que realmente já não se sabe de quem é a culpa. Só apetece dizer “perdoa-lhes porque eles não sabem o que fazem”. Meus amigos, um festival é para ouvir e curtir a música…não é pra ir pra zona vip levar massagens no rabo! E depois é vê-los (essa gente…pitinhas(os) e tias que nem sabem o que é um concerto) muito incomodados por estar tanta gente à volta…”que horror…não te ponhas à minha frente…não me empurres..” Er…se vão para um concerto onde estão milhares de pessoas é natural que haja quem os empurre e quem fique à frente deles…se não querem, fiquem em casa e oiçam o cd… DUH! Mas enfim, voltando aos Jamiroquai, como disse, orgulho-me de dizer “eu NÃO fui”, e como tal não posso tecer comentários sobre se o concerto foi bom ou mau. Já ouvi dizer que foi mau. Mas sinceramente, eu até acho é que eles deviam ter feito um grande manguito áquela gentinha da organização e nem ter posto cá os pés. Misturar Jamiroquai com D’Zrt e Shakira? Porque não, da próxima vez, misturar Madredeus com Ágata? Foi o mesmo que pôr os Incubus ao barulho com os Metallica e afins (e atenção, que eu destes não estou a falar mal, só que, não têm nada a ver uns com os outros! Coitadinhos dos Incubus…mais um pouco e ainda eram apedrejados como os outros…). Mas pronto, acho que realmente é um festival organizado por gente que percebe imeeeeeenso de música e consegue fazer um cartaz “muitissimo bom”, conseguindo misturar alhos com bugalhos e mesmo assim lucrando bastante (e afinal, não é SÓ isso que lhes interessa?). Só lhes posso dar os mues parabéns, porque eles, de certeza que se ficaram a rir nas nossas costas, com os bolsos cheios de dinheiro. Já tenho saudades do belo do concerto em que o pessoal vai lá pela banda, para ouvir a música e curtir o ambiente de uma multidão sintonizada na mesma frequência, e não porque é “in” ir lá. Foi só um desabafo…até que enfim encontro um site em que se fale realmente alguma coisa acertada sobre o rock in rio em vez de atirarem pó para os olhos das pessoas.

    P.S: Para a DI, daquilo que eu consegui perceber no meio daquela escrita “analfabeto-negativa a português”, só posso dizer que sim, realmente invejo essa maravilhosa banda, que consegue a proeza de sem saber cantar (à excepção talvez de um deles), sem saber tocar nenhum instrumento, resumindo, sem saber nada de música, consegue vender milhões de discos e esgotar coliseus. Mas nos dias que correm não interessa o que sabes nem o trabalho para conseguir algo. Lá se vão os tempos em que se fazia música. Agora basta ter um gajo qualquer que escreva umas cançõezinhas da treta (de preferência com umas letras fáceis de decorar, mesmo que não façam sentido nenhum, e com uma melodia com 3 acordes no máximo) e já está. Agora só falta arranjar alguém com um palminho de cara (que em relação a eles nem é o caso….quer dizer, pensando bem, se calhar até entram nos padrões de beleza da pitagem). Ah e já agora, se apareces na televisão (principalmente se for na TVI, esse maravilhoso canal que vai descobrir novos talentos da representação vá-se lá saber onde), aí sim, tens a vida feita. Podes ser uma merda. Não saber representar, cantar, nada…mas isso é secundário. Talvez daqui a uns anos, quando esta geração (que esta sim, é a rasca) crescer, talvez aí percebam o que eu quero dizer e abanem a cabeça envergonhados (ou talvez não…)

  15. Saudações Piriquitosas.
    Eu sabia que acabarias por ir pois “a curiosity fuck a cat” (hardcore version). Pois é eu vi algumas coisas através da sic radical (vénia pelo trabalho) e tenho algo a dizer
    1- Room74 : men dizes q deviam estar umas 10 pessoas a assistir, devia ser familia a namorados(as), deves ter saido de lá todo arranhado…de certeza que n tre enganaste e foste parar ao Festival Pionés???
    2- D’zrt : Cada qual tem aquilo q mereçe mas sabes que só há mulheres feias até a 3ªcerveja, aplicavas o mesmo á musica e estava resolvido fartavas-te d curtir.
    3- A brasuca legal da perna grossa anima bué apesar de n curtires brasileiradas e tiveste que a mamar(querias)
    4- O Jamiro vi e concordo avec toi. Faltou o espectáculo pois a música estava lá e o mesmo p a menina Shakira.
    Resumo. – Concordo com a menina Vera em muitas coisas e com a di tb. Não se deve misturar géneros alimenticios que n combinam entre si assim como etc. E acho quex o Quimx Barreirox juntax milhoex pq ox putox n podexxx?
    Final Comment – O Festival é um gamanço de todo o tamanho, o sr medina procura músicos baratos ou q façam promoçoes tipo sem bailarinos, sem coro, sem efeitos especiais etc e os concertos repetem-se como o sr rui veloso, sting, santana,xutos etc que devem ter feito mais 10%desconto por 2 festivais seguidos, até ja estou a ver o cartaz de 2008 “O REGRESSO DE STING”
    , “SANTANA CONTRA-ATACA” e “RUI VELOSO E XUTOS – THE FINAL CONFLICT”., pelo amor do buda com tantas bandas boas no mundo, eu q até tive bilhete p o Rock in Rio no R de Janeiro cujo cartaz era somente: QUEEN, TINA TURNER, SIMPLE RED, SCORPIONS, A-HA e algums brasucas como GILBERTO GIL e CAETANO VELOSO…e isto a um preço que n tem nada a ver com os nossos. Estamos a ser gamados até ao tutano por isso 85% sao putos que os pais só p nao os aturarem lhe dão o dinheiro p bilhete. As condições estão lá, falta o espectáculo, o show que quem viu concertos sabe o que falo. Por isso um falo p sr medina e que me perdoem mas a música já nao é aquilo q era vuixxxx!

  16. Olá! Pesquisei a propósito de Jamiroquai e Rock in Rio e encontrei o teu blog…Kero dizer que pra mim (que sou jamiromaníaca), jamiroquai é jamiroquai. Sim, soube a pouco, sim esteve mal colocado (com d’zrt???admite-se???), as músicas mt fixes (até pq os cds + antigos é q são a verdadeira essência de jamiorquai), o “obrigado” em português foi bonito, o pouco contacto c o publico talvez se devesse por estar lá mt pca gente q gostasse mesmo de jamiroquai (era só pitas de d’zrt, pa ivete (q foi bom) e xakira (que me recusei a ver))Pouca gente cantou as músicas deles. Pronto, do espetáculo esperava mais mas tb é mta culpa da organização…Sim Pavilhão Atlântico ou Sudoeste (c bom cartaz) é q é…no pav atlântico só vai mesmo kem ker…e por isso é um ganda show…Ñ sei até q ponto gostas de jamiroquai…epá eu adoro…tenho todos os cds e o dvd…Dei 25 € plo bilhete pó rock in rio (graças à BP):) mas se tivesse dado os 53€ sim ficava triste…Só fui mesmo pa ver jamiroquai…como já disse pra mim Jamiroquai é Jamiroquai , pena ter estado c tanta espelunca, tirando ivete q tb é “a ivete” e tem uma boa banda e mta energia…agora D’zrt?????nem vou comentar…ñ digo mal deles mas achos q ñ se adequava…Os room 74, gostei, surpreenderam-me pela positiva…Pronto aki deixo a minha opinião…:) continua c o blog…****

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string 4hyjpX to the field below: