Breves notas sobre a minha ida ao Porto ao SBSR

  • Ter um MusiCard da CP é “do mais alto nível” (Onde é que eu já ouvi isto?).
  • O metro do Porto é tão grande e dá tantas voltas, que tenho a impressão que não tinha necessidade de apanhar o Intercidades em Lisboa.
  • No Parque da Cidade faz frio p’a car#$%&.
  • O Jay Kay (dos Jamiroquai) continua “O” maior!
  • Por outro lado, o Alvim, está cada vez pior…
  • Misturar “I Will Survive” de Gloria Gainer com uma música das Doce dá direito a dois passes para o Festival do Sudoeste.
  • No Parque da Cidade faz frio p’a car#$%&.
  • Dormir das 4h às 9h da manhã na estação de Campanhã não é muito agradável.
  • Em Campanhã faz frio p’a car#$%&.
  • Deixar o carro no parque do Oriente quando se vai ao Porto apenas 1 noite é fixe! 2,50€ apresentando o bilhete da CP.
  • Por outro lado, conduzir esse mesmo carro, desde o Oriente até casa (Seixal), depois desta saga não é assim tão fixe…

Marco Almeida e Fernando Alvim no Super Bock Super Rock 2008, no Porto

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string zmgSVo to the field below: