Problemas ao fazer alteração de tarifário na TMN

Resumo da história:

  • 2008.11.26 – Adiro ao serviço Pós-Pago de Banda Larga TMN com fidelização de 2 anos (enfim… estas fidelizaçãoes…).
  • 2010.11.18 – Dirijo-me à loja PT / Sapo / TMN para cancelar o serviço a partir de 2010.11.25, data de fim da fidelização. Convencem-me a simplesmente mudar para pré-pago light (mínimo 10 euros de 6 em 6 meses), o que aceito.
  • 2010.12 – Recebo factura de Dezembro a qual (estupidamente) pago.
  • 2011.01 – Recebo factura de Janeiro, ligo para a TMN, mandam-me à loja com a documentação comprovativa da alteração de tarifário, o que faço (apesar de achar não ter de o fazer), passo 45 minutos na loja, são atendidas 2 pessoas e tenho 5 à minha frente, venho-me embora e envio este email á TMN:

Exmos. Srs.,

No dia 18 de Novembro de 2010 desloquei-me à loja PT / Sapo / TMN do Centro Comercial Rio Sul no Seixal, com a finalidade de cancelar o serviço de Banda Larga do nº XXXXXXXXX (nº de conta XXXXX), cujo prazo de fidelização terminava a 25/11/2010.
A vossa colaboradora convenceu-me a não desistir e simplesmente alterar o tarifário para Pré Pago Light, ao que acedi.
Entretanto em Dezembro voltei a receber a factura do serviço pós pago, a qual paguei apesar de ter ficado na dúvida porque teria de pagar a totalidade do mês. A fidelização acabava a 25 de Novembro e portanto o novao tarifário deveria ter começado nessa data e não ter sequer sido emitida factura de Dezembro, mas assumi que a alteração só tivesse efeito 1 mês depois, ou seja a 18 de Dezembro, e mesmo assim não deveria ter sido cobrado todo o mês.
Entretanto recebi de novo uma factura, a de Janeiro (nº XXXXXXXX), a qual obviamente não vou liquidar.
Liguei para o apoio ao cliente, e para a agente comercial empresarial que me tratou de outros assuntos TMN, e indicaram-me para ir à loja com toda a documentação.
Assim fiz, mas passados 45 minutos de espera, 5 pessoas à frente e apenas 2 atendidas neste período de tempo, tive de voltar às minhas obrigações profissionais.
Sendo assim, venho por este meio solicitar a V. Exas:
– Devolução do valor indevidamente cobrado no mês de Dezembro
– Cancelamento da factura de Janeiro
Em anexo podem encontrar a cópia do documento efectuado no dia 18 de Novembro na loja do Rio Sul.
Se falta alguma coisa, ou foi cometido algum erro, o problema é vosso e eu não tenho disponibilidade para andar ao vosso sabor a perder tempo nas vossas lojas para resolver problemas por vós causados, sendo este email o último tempo que perco com a resolução deste assunto. É portanto inútil que me contactem no sentido de fazer qualquer tipo de deslocação ou apresentação de documentação.
Fico a aguardar feedback, sendo que não o recebendo, assumirei que a factura de Janeiro é nula, bem como todas as que receber no futuro relativamente a este serviço.
Resumo dos dados do serviço:
Nº telefone: XXXXXXXXX
Nº contribuinte: XXXXXXXXX
Nº conta: XXXXX
Fim de fidelização: 25/11/2010
Data de pedido de alteração de tarifário na vossa loja: 18/11/2010
Cumprimentos,

Agora é esperar pela resposta, ou simplesmente ignorar as facturas futuras…

UPDATE: Estava aqui a pensar: E se eu debitasse à TMN despesas administrativas relaccionadas com a utilização de uma capa plástica para guardar a documentação relativa a este processo?

UPDATE 2011-01-25 16:58: A TMN acabou de me contactar. O problema está resolvido, ambas as facturas foram sujeitas a crédito, mas como já paguei a de Dezembro, esse valor vai passar para outro serviço que tenho com eles. Muito bem! A coisa começou mal, mas a TMN soube-a rapidamente resolver.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string w4bTSl to the field below: