As emissões televisivas em 16:9 e em 4:3

Se há coisa que me chateia é a forma criminosa como a grande maioria dos canais nacionais, ou transmitidos em Portugal fazem a conversão entre os formatos 4:3 e 16:9.

Além dos canais, ainda temos alguns operadores de TV por Cabo que pioram a situação, emitindo o sinal pela porta HDMI ou Scart das boxes SEMPRE no formato que definimos como sendo o da nossa TV, mesmo que estiquem a imagem para encher o ecrã.

  • Nas boxes da ZON, se definirmos que a nossa TV é 16:9, mesmo que a emissão seja 4:3 a imagem sai da box esticada.
  • No caso da MEO é possível obter a imagem no seu formato original independentemente do formato da TV. (Pág. 47 do Guia do Utilizador)
  • Se alguém tiver informação que possa partilhar sobre os outros operadores, queiram deixar em comentário.

Vamos lá ver uma coisa… lá porque se tem uma TV 16:9 isso não quer dizer que se deva esticar a imagem só para encher o ecrã. Às tantas não sei se quem está a apresentar o Telejornal é o José Rodrigues dos Santos ou o Fernando Mendes…

Este post não é sobre resolução SD / HD (Alta resolução), mas sim sobre o formato (aspect ratio) da imagem. Não fazer confusão. Ambos os formatos se aplicam a ambas as resoluções.

Para saber mais sobre estes (e outros) formatos de imagem, consulte este artigo na Wikipedia.

Mas vamos lá ao que me chateia, e a meu ver é a forma errada de fazer conversão de formatos:

Conteúdo 4:3 em emissão 16:9
(imagem esticada, errado!)
A imagem deveria ser apresentada com barras verticais pretas, mantendo assim o Aspect Ratio original do conteúdo.

Conteúdo 4:3 em emissão 16:9 (imagem esticada, errado!)


Conteúdo 16:9 em emissão 4:3
(imagem cortada, errado!)
A imagem deveria ser apresentada com barras horizontais pretas, mantendo o Aspect Ratio original e sem perder conteúdo.
Neste caso há quem defenda que, e desde que o conteúdo esteja pensado para tal, se pode fazer. Não discordo, mas pessoalmente prefiro ver a imagem no seu formato original. É também uma forma de fomentar aquele que deverá ser o formato standard, o 16:9.

Conteúdo 16:9 em emissão 4:3 (imagem cortada, errado!)


Conteúdo 16:9, que por ser SD foi passado a 4:3 com barras horizontais, em emissão 16:9
(a imagem não foi aumentada em tamanho proporcionalmente, errado!)
Sendo verdade que o Aspect Ratio foi respeitado, o canal deveria ter feito upsample do conteúdo e evitar barras completamente desnecessárias.

Conteúdo 16:9, que por ser SD foi passado a 4:3 com barras, em emissão 16:9


Conteúdo 16:9 em emissão 4:3 mas enviado por box para TV 16:9
(a box estica a imagem, mesmo estando o canal a emitir correctamente)
Neste caso a box deveria enviar como na imagem em cima, e o espectador poderia fazer ZOOM na TV, caso a mesma suportasse.

Conteúdo 16:9 em emissão 4:3 mas enviado por box para TV 16:9

 

Como devem então ser apresentados os conteúdos de diferentes formatos?

Conteúdo 4:3 em emissão 4:3

Conteúdo 4:3 em emissão 4:3

 

Conteúdo 4:3 em emissão 16:9

Conteúdo 4:3 em emissão 16:9

 

Conteúdo 16:9 em emissão 4:3

Conteúdo 16:9 em emissão 4:3

 

Conteúdo 16:9 em emissão 16:9

Conteúdo 16:9 em emissão 16:9

 

Este post assume conteúdos 16:9 no racio 1.78:1. Existem outros rácios que são chamados 16:9 (apesar de não o serem), como 1.85:1 e 2.39:1 e nesses casos é adicionar o necessário de barras pretas horizontais (cima e baixo) em todos os 4 casos acima mencionados. Vejamos um exemplo:

Conteúdo 16:9 (rácio 2.39:1) em emissão 16:9 (1.78:1)

Conteúdo 16:9 (rácio 2.39:1) em emissão 16:9

 

Reparem que eu me refiro a formato do conteúdo e da emissão e não da TV. Só emitindo como ilustro nos 4 exemplos em cima, os conteúdos são apresentados sem perda de imagem ou de Aspect Ratio seja qual for o formato da TV.

Ao emitir assim, os canais dão a liberdade ao espectador de utilizar as funcionalidades de Zoom ou enchimento de imagem das suas TVs para verem a imagem como preferem, mesmo que isso signifique ficar na dúvida se quem está a apresentar o Telejornal é o José Rodrigues dos Santos ou o Fernando Mendes.

Ou seja, mesmo para quem não concorda que eu diga que é errado emitir como é ilustrado nas 3 primeiras imagens, se os canais emitirem correctamente os conteúdos, podem continuar a distorcer a imagem à vossa vontade.

Espero em breve ir complementando este post com algumas fotografias de exemplos prácticos, errados e certos, conforme os for apanhando na TV. Se quiserem contríbuir com essas fotos façam-no para wonderm00n -> gmail.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string 2V2T7E to the field below: