Hoje fui abastecer à Galp…

…e claro, arrependi-me!

Por norma abasteço na Socrabine, em Coina, onde o serviço é personalizado*, o combustível mais barato, e não há tretas com pré-pagamentos e o raio a sete.

Hoje a sair da A2, já com o indicador de combustível a piscar (2º nível de aviso no meu carro), opto por abastecer na Galp do Fogueteiro. Chego e quando tento começar a abastecer, recebo o aviso que a bomba está em pré-pagamento, volto a colocar a agulheta na máquina e tenhode ir lá dentro pedir autorização para abastecer (ecnher) o depósito, mesmo tendo 10 câmaras de filmar apontadas ao meu carro como se da viatura do Al Capone se tratasse, volto cá fora, abasteço, volto lá dentro para pagar (um valor astronomicamente mais caro do que pagaria na Socrabine) e obter factura.

Não estou para isto…

(Alguns de vós podem alegar que posso sempre pagar na bomba com multibanco ou com Via Verde. Não, não posso… As máquinas, estupidamente, não emitem factura para efeitos fiscais.)

 

* Lembram-se do tempo em que não nos gamavam nos combustíveis e não tinhamos de ser nós a fazer o trabalho deles?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string 2SyMm0 to the field below: