Arremesso do télélé!

In Cibéria

No país com o maior índice de telemóveis por habitante vai realizar-se mais uma edição do Campeonato Mundial do Lançamento do Telemóvel. O sucesso da iniciativa já lhe valeu o reconhecimento internacional.

Se pretende livrar-se do seu telemóvel, saiba que há formas bem originais de o fazer, mesmo que os resultados finais não sejam muito animadores.
Na pequena cidade de Savonlinna, na Finlândia, um grupo de pessoas decidiu transformar um acto tão simples como atirar um telemóvel num desporto de “alta competição”, no qual podem participar miúdos e graúdos, de qualquer nacionalidade.
Como parte das festividades daquela povoação, vai realizar-se, pelo sexto ano consecutivo, o Campeonato Mundial do Lançamento do Telemóvel, ideal para libertar o stress acumulado após anos de utilização de um terminal defeituoso.

Agendada para o dia 26 de Agosto, a competição está dividida em três categorias: “infantil”, para menores de doze anos; “original”, com o objectivo único de lançar o terminal o mais longe possível; e “livre”, na qual é também avaliada a forma como se atira o telemóvel.
Para quem quiser começar já a praticar, saiba que os actuais recordes mundiais estão fixados em 94,97 metros (homens) e 41,42 metros (mulheres).
Embora muitos dos participantes pretendam lançar o seu próprio terminal, as regras obrigam a que utilizem os aparelhos disponibilizados pela organização. Estes não correspondem a nenhuma marca específica e pesam entre 220 e 400 gramas.

Tendo em conta o êxito das edições anteriores, é com naturalidade que a competição chega a outros países. Entre eles encontra-se o Reino Unido, cuja primeira edição do Mobile Phone Throwing realiza-se no dia 20 de Agosto. Neste caso, as marcas a bater (locais) são mais acessíveis: 69,31 metros (homens) e 38,74 metros (mulheres).
A inscrição custa 5 libras e os competidores têm direito a três tentativas. Apesar de não poderem utilizá-los, os participantes estão a ser convidados a levar os seus telemóveis velhos para reciclagem.
No caso específico da competição finlandesa (oficial), está prevista a realização da mesma, sob licença, na Alemanha, Holanda e Suíça.

Entre os participantes, a maior questão está em saber se os terminais mais leves são, ou não, os mais eficazes na hora do “voo”. A diversão, essa, é garantida.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string 2vnKoT to the field below: