Câmara Municipal do Seixal demora mais de 1 ano a cumprir a sua palavra

Tenho um vizinho que acha que ninguém deve usar o passeio em frente à sua garagem para fazer manobras de estacionamento, e portanto decidiu colocar dois pilaretes de cimento na via pública, dentro do espaço de estacionamento do lugar imediatamente ao lado. Entretanto um dos pilaretes já foi “albarroado”.

Em 16 de Fevereiro de 2009 envei o seguinte email à Câmara Municipal do Seixal:

Exmos. Srs.,

O meu nome é Marco Almeida, 29 anos, BI Nº(…), desde sempre morador no concelho do Seixal e na R. Dr. Raúl Machado, Pinhal de Frades, desde Dezembro de 2008.

(…)

Venho por este meio solicitar que me informem sobre a legitimidade da colocação de dois pinos em cimento num lugar de estacionamento na Rua Dr. Raúl Machado em Pinhal de Frades, que podem verificar na foto em anexo (IMG018).

Parece-me que não existe qualquer utilidade para a colocação destes pinos, a não ser a dificuldade em estacionar devido ao encolhimento do espaço disponível e anulação de espaço de manobras, bem como o eventual causar de danos em viaturas devido à altura que os mesmos pinos têm, que se tornam invisíveis pelos espelhos durante a manobra de estacionamento.

(…)

Em 14 de Abril de 2009 recebi a seguinte resposta:

Em resposta ao seu E-mail de 16/02/09, referente à colocação de pilaretes na Rua Dr. Raul Machado, somos a informar que vamos proceder à remoção dos mesmos.

(…)

Agradecemos o facto de nos ter contactado e manifestamos a nossa disponibilidade e interesse sempre que considerar oportuno transmitir-nos qualquer reclamação ou sugestão.

Com os melhores cumprimentos,

Joaquim dos Santos
Vereador do Pelouro do Desporto
Infra Estruturas Municipais e Acessibilidades

Hoje é dia 26 de Maio de 2010, já tendo passado mais de 1 ano da resposta da Câmara  e o cenário é o seguinte:

Alguém tem uma marreta?

Será que se eu me tornar militante do PCP a coisa se resolve?!

Junte-se à conversa

3 comentários

  1. Estou plenamente de acordo com o comentário deste municipe, pois também enviei três e-mai’s para a mesma CMS, na ordem de 2 anos, acerca de um problema de sáude pública numa zona de mato, da qual esta é proprietária, nas trazeiras da Rua Quinta do Paço, na Cruz de Pau e, os resultados foram os mesmos. A resposta da dita, foi sempre a mesma. “Obrigado por ter preferido a via electrónica”. Todo o resto caíu em saco rôto.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string zjyFp9 to the field below: