A minha experiência com a NetAffiliation foi…

…negativa! Aliás… nula!

Continuo a não conseguir uma boa alternativa ao Adsense para monetizar alguns sitos que giro. Das várias alternativas até agora testadas, a NetAffiliation era aquela em que depositava mais esperanças, mesmo apesar dos vários de relatos de vários atrasos nos pagamentos.

A NetAffiliation paga por resultado, ou seja: o visitante tem de fazer alguma acção depois de clicar no banner. Normalmente trata-se de preencher um formulário de pedido de informações ou adesão (muitas vezes gratuita) a um determinado serviço.

Tive o excelente apoio da pessoa responsável para Portugal, com quem falei ao telefone e troquei emails por diversas ocasiões. As campanhas foram por eles sugeridas e as autorizações para começar a publicar foram obtidas em pouco tempo. Estava com bons pressentimentos.

Durante cerca de 1 mês fiz um teste, em que alternei anúncios da NetAffiliation com Adsense e foram estes os resultados:


Clicar para ver tamanho original

131937 impressões, 2605 cliques: o que representa um CTR de 1.97%, mas zero euros de ganhos pois, segundo as informações dadas, NENHUM dos cliques resultou num preenchimento de um formulário.

Fazendo uma média ao que ganhei por clique em AdSense no mês anterior, obtenho o valor de 0.1959 euros, o que quer dizer que se não tivesse colocado a NetAffiliation em rotação e tivesse obtido os mesmos 2605 cliques em anúncios AdSense, poderia ter recebido cerca de 510 Euros. Como andei a brincar às experiências, ganhei ZERO!

Não quero com este post dizer que é impossível ganhar dinheiro com a NetAffiliation, ou que a culpa não seja minha por colocação dos banners da forma mais ou menos correcta, mas que me parece um pouco difícil conseguir bons resultados, parece-me! Também me parece difícil 2605 pessoas terem clicado no link e não terem avançado mais, mas se é isso que os dados dizem, eu acredito…

Junte-se à conversa

1 comentário

  1. É bom saber que o numero de alternativas viáveis ao Google Adsense continua perto do nulo… Cada vez me interrogo mais se o modelo de sites pagos pela publicidade funcionará mesmo para a grande generalidade dos casos…

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Please copy the string kHMpKQ to the field below: